Uma Palavra: Desistência

É setembro de 2021 e eu não vejo mais sentido no meu trabalho. Fiquei esperando o tal burnout, mas não entrei em combustão ainda. Nada apoteótico, nenhum curto circuito dramático ou pico de exaustão que justificasse minhas falhas ou ausências, que desse conta de explicar porque não quero mais.

Read →