Uma Palavra: vozes internas

É perigoso esse negócio de se encontrar. Mesmo à distância, as palavras alcançam. Altamente transmissíveis, encontram refúgio do lado de dentro, ficam incubadas operando transformações silenciosas no nosso falar, no nosso fazer, no nosso pensar. Entendo quem foge e quem se fecha. Pessoa que se faz de durona, do tipo que não dobra nem quebra com influência de ninguém. Eu, influenciável? Sou dona de todas as minhas ideias, eu que pari, sei para onde vão! Vai achando que há pureza, que você não é um caleidoscópio vivo com fragmentos de ideias dos outros.

Read →